Centro Cultural


Centro Cultural

O Centro Cultural Oduduwa, fundado em 1988 pelo Babalorix Sikiru Salami, o Bab King, reconhecido por seu pioneirismo na difuso fidedigna de prticas religiosas e culturais do povo iorub. Vem disseminando a milhares de pessoas, alm do conhecimento a respeito dos fundamentos milenares dessas prticas africanas, o idioma falado e escrito por esse povo da frica do Oeste, residente na Nigria, no Togo e na Repblica do Benin (antiga Daom), que teve forte participao na construo de pases da dispora africana e encontra-se enraizado em suas culturas.


Fortes determinantes histricos levaram os brasileiros como tantos outros latino-americanos e caribenhos a construir uma postura eurocntrica que, fazendo vistas grossas composio multicultural e pluri-racial do Brasil e de outros pases da dispora africana, gera srios (por vezes irreparveis) danos construo de identidades individuais e coletivas. A transformao desse status quo demanda correo da tica e exige de todos os envolvidos, particularmente dos profissionais da Educao e da Mdia, instrumental terico-prtico adequado, ou seja, informaes fiis transmitidas segundo princpios ticos e morais que constituem o cerne da prpria sabedoria milenar dos povos africanos. Da a importncia do Centro Cultural Oduduwa no Brasil, segundo pas em populao negra no mundo, atrs apenas da Nigria, e o primeiro pas em populao negra fora do continente africano.


Tendo por objetivo geral a defesa, a preservao e a restaurao das razes africanas das sociedades latino-americanas e caribenhas, particularmente das razes iorubs, o Centro Cultural Oduduwa prope-se a:


1. Registrar e divulgar ensinamentos da tradio oral iorub.

2. Promover o ensino do idioma iorub. Este idioma, falado por mais de 30 milhes de iorubs nativos e aprendido por muitos outros africanos no continente de origem, uma das cinco lnguas mais usadas da frica. Alm disso, o portugus falado no Brasil caracteriza-se pela expressiva presena de vocbulos iorubs; mais especificamente, trata-se de um idioma de aprendizado indispensvel aos praticantes das religies de matriz iorub.

3. Elaborar e desenvolver projetos de ensino (incluindo cursos, seminrios, oficinas e mesas-redondas), na sede do Centro Cultural Oduduwa ou em outros locais, a convite de pessoas fsicas ou organizaes de cunho educacional, cultural, artstico e religioso.

4. Elaborar e desenvolver projetos de pesquisa e interveno social.

5. Organizar eventos, encontros e congressos para favorecer o intercmbio de experincias e conhecimentos entre pessoas e entre grupos.

6. Estimular a parceria, o dilogo local e a solidariedade entre entidades que visam interesses comuns.

7. Divulgar, nas reas educacional, social, cultural, artstica e religiosa, informaes advindas das iniciativas acima mencionadas, sob diversas formas, inclusive a de material didtico e paradidtico.

8. Participar do movimento de africanizao das prticas religiosas de culto aos orixs no Brasil, com vistas recuperao de parte dos ensinamentos que, trazidos pelos africanos escravizados, perderam-se durante o processo de sincretismo. Para isso, so utilizados os seguintes recursos:

A. O Centro Cultural Oduduwa traz ao Brasil babalas, babalorixs e ialorixs, sacerdotes e sacerdotizas da Religio Tradicional Iorub, alm de msicos tradicionalistas e artistas de reconhecido respeito, para que realizem processos de iniciao e outras prticas religiosas.
B. enfatizada a importncia da palavra e da lngua dos orixs, pois o iorub de aprendizado indispensvel s prticas religiosas de matriz iorub, dada a importncia conferida ao poder mstico e mgico da palavra nesta sociedade de tradio oral. Alm do poder esotrico das palavras utilizadas nos rituais, o conhecimento desse idioma nos pases da dispora confere poder poltico e prestgio aos sacerdotes e s sacerdotisas que dele se utilizam, por tratar-se de um meio de comunicao no interior desse grupo religioso.
C. So ministrados cursos, que podem ser assistidos por qualquer interessado e que incluem o ensino de rezas e cantigas, indispensveis recursos de comunicao entre os homens, a natureza e as divindades.
D. So realizadas consultas oraculares atravs do erindilogun (o famoso jogo dos dezesseis bzios), que podem ser agendadas por qualquer interessado.